Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Novo Tesla Model Y com 480 km de autonomia chega em 2020

O CEO da Tesla, Elon Musk, apresentou na madrugada desta sexta feira o novo Model Y com autonomia a rondar os 480 km e que deverá chegar aos mercados no outono de 2020.

O novo SUV compacto totalmente elétrico da marca norte-americana é mais largo e alto do que o Model 3, partilhando 70% dos seus componentes, e tem uma autonomia (esperada) a rondar os 480 quilómetros (300 milhas). O objetivo declarado do CEO da Tesla é ter a funcionalidade de um SUV com o comportamento de um desportivo, com um baixo centro de gravidade e um coeficiente de arrasto de 0.23.

Teto panorâmico, opção para sete lugares (não se sabe se todos para adultos), ecrã tátil central de 15 polegadas e Autopilot são outras das características do novo Model Y que terá uma capacidade máxima de carga de 1869 litros (com os bancos traseiros rebatidos).

Em termos de versões, a gama do novo Model Y contará com quatro: a versão Performance, Dual Motor AWD e Long Ranger (estarão disponíveis no outono de 2020) e a Standard Range (variante mais barata com entregas agendadas para 2021).

O Model Y Performance contará com uma aceleração dos  0 aos 100 km/h em 3,7 segundos, uma velocidade máxima de mais de 240 km/h e um preço base de 60.000 dólares (53 mil euros). A autonomia esperada será de 480 quilómetros.

O Dual Motor AWD (com dois motores e tração integral) contará com uma autonomia de cerca de 450 quilómetros, velocidade máxima de 217 km/h, aceleração dos 0 aos 100 km/h em 5,1 segundos e um preço de 51 mil dólares (45 mil euros).

O Long Range contará com uma autonomia de 482 quilómetros, velocidade máxima de 209 km/h, aceleração dos 0 aos 100 km/h em 5,8 segundos e custará 47 mil dólares (41,5 mil euros).

Finalmente, o Standard Range, versão mais barata que chegará em 2021, contará com uma autonomia de 370 quilómetros, velocidade máxima de 193 km/h, aceleração do 0 aos 100 km/h em 5,5 segundos e custará 39 mil dólares (34,4 mil euros).

Elon Musk aproveitou ainda a apresentação do Model Y para anunciar uma nova geração (a terceira) de supercarregadores – atualmente a Tesla tem 12 mil supercarregadores em 1.400 estações espalhadas por 36 países – que permitirão carregamentos até 250 kW e levarão a que o Model Y, por exemplo, possa contar com 120 quilómetros de autonomia em 5 minutos de carregamento.

O novo Model Y – que os responsáveis da Tesla estimam que venha a vender-se mais que o Modelo 3 e Model S juntos – já se encontra disponível para pré-encomenda mediante um pagamento reembolsável de 2500 dólares (2.200 euros).

OUTRAS NOTÍCIAS

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.