Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Oficial: Porsche abandona o diesel

A Porsche vai deixar de ter versões com motores diesel dos seus modelos, passando a focar-se nos propulsores gasolina, elétricos e híbridos, refere um comunicado da companhia.

A quebra da procura dos modelos diesel, na sequência dos limites à circulação deste tipo de veículos, justifica a decisão. O diesel sempre teve um “papel secundário” nas vendas da marca, refere a Porsche em comunicado. Em 2017, o diesel valeu apenas 12% das vendas mundiais da Porsche.

Em contrapartida, as vendas de modelos com sistemas híbridos de propulsão têm vindo a ganhar peso. Cerca de 63% das vendas do coupé 4 portas Panamera na Eurora são de versões híbridas.

A companhia tem um plano de investimentos de 6 mil milhões de euros no desenvolvimento da mobilidade elétrica, até 2022. No próximo ano chegas ao mercado o Porsche Taycan, o primeiro modelo 100% elétrico da marca.

Em alguns países da Europa, a Porsche congelou as vendas dos seus modelos em fevereiro, depois de as autoridades terem exigido a reparação de todos os veículos com motores TDI de origem Volkswagen com o software ilegal que viciava os resultados dos testes de emissões.

Em consequência, a Porsche foi obrigada a fazer um recall de quase 60 mil veículos com motores diesel dos modelos Cayenne e Macan.

 

OUTRAS NOTÍCIAS

Comentários estão fechados.