Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Tecnologia autónoma ProPILOT da Nissan estreia-se no Japão

NissanA Nissan anunciou hoje o lançamento de uma série de novas tecnologias de condução autónoma ProPILOT na nova geração do modelo Serena, o qual irá ser colocado à venda no Japão no final de agosto.

Este sistema trata-se de uma tecnologia autónoma que foi desenhada para utilização em autoestrada e que foi pensada para maior facilidade de utilização numa única faixa. Ou seja, este sistema combina o controlo de direção, acelerador e travões de forma automática para que o condutor tenha maior comodidade em situações de tráfego intenso em autoestrada e viagens mais longas.

Englobando-se no esforço levado a cabo pela Nissan para reduzir os acidentes e tornar a condução mais fácil, este sistema ProPILOT utiliza tecnologias avançadas de processamento, com o sistema a ‘compreender’ a estrada e o trânsito em seu redor, efetuando ajustes precisos na direção. O sistema pode ser ativado e desativado pelo condutor, conforme o deseje.

O acelerador, travões e direção são controlados a partir de informação obtida a partir de uma câmara equipada com software avançado de processamento de imagens, reconhecendo rapidamente e a três dimensões a profundidade tanto os veículos precedentes como as marcações na estrada. Uma vez ativado, o sistema mantém automaticamente a distância para o veículo precedente, mantendo uma velocidade constante entre os 30 km/h e os 100 km/h, mesmo em curva.

Caso um carro na frente pare, o sistema ProPILOT trava em conformidade, mantendo-se parado mesmo com o pé do condutor distante do pedal do travão. Quando o carro da frente arranca, o sistema é ‘autorizado’ a arrancar mediante um toque do pé direito do condutor no pedal do acelerador ou se o ativar no volante.

O sistema ProPILOT será introduzido noutros mercados com o tempo, prevendo-se a sua integração no Qashqai já em 2017. A evolução deste sistema, com capacidade de atuação multifaixa, será lançado em 2018, enquanto a condução autónoma em estradas citadinas e cruzamentos está prevista para 2020.

OUTRAS NOTÍCIAS

Comentários estão fechados.